Curitiba será a sede do Encontro da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem em 2018 e o centro histórico da cidade faz parte das atividades turísticas programadas.

Neste passeio, os blogueiros conhecerão um pouco da história de Curitiba, que é representada pela Praça Tiradentes, onde a cidade foi fundada e onde está localizada a Catedral Basílica
Menor de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e diversas construções históricas.

Conhecerão ainda o Largo da Ordem, como é popularmente conhecido, e é o local por onde passaram vários imigrantes, como alemães, italianos, poloneses e ucranianos, que trouxeram sua cultura e sua arquitetura típica, fazendo com que o local apresente estilos arquitetônicos variados.

Subindo o Largo da Ordem, encontrarão a Praça Garibaldi, onde estão localizados monumentos históricos da cidade como a Sociedade Garibaldi, a Igreja do Rosário e a icônica Fonte da Memória, chamada carinhosamente pelos curitibanos de Cavalo Babão.

Aliás, é nesta praça e no Largo da Ordem que acontece aos domingos pela manhã, a famosa Feirinha do Largo, uma feira de artesanato, cultura e de gastronomia.

Após a Praça Garibaldi, está a Praça João Cândido, onde estão localizadas as ruínas de São Francisco, ou mais precisamente, as ruínas do que viria a ser a Igreja de São Francisco de Paula, obra que ficou inacabada. Nesta praça ocorrem também aos domingos, atrações culturais e de lazer.

Se ainda tiverem fôlego, os blogueiros poderão conhecer o Paço Municipal ou Paço da Liberdade, na Praça Generoso Marques e caminhando um pouquinho mais encontrarão o prédio histórico da Universidade Federal do Paraná, a primeira universidade do Brasil. No mesmo local está a Praça Santos Andrade e do lado oposto ao da Universidade está o Teatro Guaíra, que é um dos maiores teatros da América Latina.

Este é apenas uma parte do roteiro do centro histórico de Curitiba, mas no caminho descobrirão diversas atrações históricas e muitas histórias sobre a cidade.

Créditos das fotos:
Aos Viajantes

Este texto foi uma contribuição de Ana Lucia Souto, do blog Quer saber? Eu amo viajar! e teve revisão de Rafael Miranda, do blog Para Viagem.